Alarmes Monitorados

alarmes-monitorados-aviso-alerta

Todas as formas de se proteger são válidas nos tempos atuais. A violência cada vez mais toma conta das ruas e, infelizmente, não está restrita apenas a elas. É importante buscar formas de se sentir e de ficar mais seguro, tanto para sua casa, seu local de trabalho e afins.

Existem diversos tipos de equipamentos de segurança que podem auxiliar na proteção de uma localidade, e um dos mais produtos seguros e eficientes são os alarmes monitorados. Instalar um sistema de alarmes monitorados é considerada uma das melhores soluções de segurança da atualidade.

Mas o que são alarmes monitorados? Bem, esse sistema tem a função de emitir sinais de emergência silenciosos para avisar e indicar ações suspeitas que aconteçam no local. Assim, com seu uso, é possível realizar a prevenção de ações criminosas, como roubos, sequestros e invasões.

Sabendo mais sobre alarmes monitorados

Uma das funcionalidades que tornam o alarme monitorado um excelente sistema de segurança é a possibilidade de ele receber seus dados através de múltiplas plataformas, como linhas telefônicas, CBD ou GRPS.

Os sistemas de alarme servem para controlar a movimentação de pessoas, resultando na emissão de sinais de emergência silenciosos para alertar sobre possíveis ações e atividades suspeitas. Seu objetivo primário é inibir e prevenir a entrada de pessoas não autorizadas em determinadas áreas, como uma empresa, por exemplo.

Vale deixar claro que o alarme não forma barreiras ou transmite pulsos elétricos, como as cercas elétricas, mas indicam a ocorrência de situações adversas.

Para que o sistema de alarmes monitorados funcione perfeitamente é preciso, acima de tudo, que o usuário seja discreto e aja com cumplicidade, sendo assim, uma pessoa suspeita não saberá da existência do alarme e seu funcionamento se fará por completo.

alarmes-monitorados-painel-seguro

Componentes do alarme monitorado

O alarme é composto por cinco itens: painel, bateria auxiliar para o caso de quedas de energia elétrica, sirene, sensores e botão de pânico. Vamos saber mais sobre cada um deles:

  • Painel: é como se fosse o “cérebro” do sistema do alarme monitorado. É ele que controla, recebe e envia sinais aos sensores. Ele é totalmente programável e é gerenciado por um teclado, permitindo que seja armado, desarmado e faça a verificação do status.
  • Bateria auxiliar: caso aconteça falta de energia, a bateria auxiliar fará com que o alarme siga funcionamento corretamente. Sua carga é monitorada pelo painel.
  • Sirene: é a parte do sistema que alerta o usuário acerca das atividades suspeitas detectadas pelo alarme.
  • Sensores: são esses dispositivos que identificam a movimentação suspeita e podem variar de acordo com a necessidade. Se os sensores não estiverem em bom funcionamento, todo o sistema de alarmes monitorados estará em risco. Manter o ambiente monitorado isolado de correntes de ar é essencial para evitar que um dos maiores problemas em acionamentos equivocados aconteça.
  • Botão do pânico: é o equipamento que deve ser usado apenas para avisar a central de monitoramento se ocorrer alguma emergência.

Como é o funcionamento desse equipamento?

Os sistemas de alarmes monitorados trabalham a partir do funcionamento de seus sensores. Eles são os responsáveis por detectar e indicar as atividades suspeitas, realizando a ativação da sirene para inibir os possíveis infratores, além de avisar a central de monitoramento sobre a situação.

No entanto, os alarmes monitorados precisam ser programados para funcionarem corretamente. Essa programação dos sensores é feita através do painel do alarme.

Assim, através das plataformas de envio e recebimento de dados, a situação será passada para a central e você estará garantindo a sua segurança.

Segurança em primeiro lugar

Contratar equipamentos de segurança como os sistemas de alarmes monitorados é a tentativa válida e plausível de buscar ampliar a proteção de seus bens, obtendo resultados satisfatórios. Proteger a sua empresa é pensar não somente no presente, mas também no futuro dos seus negócios.